Inquiétude – Mário Laginha Review

photo by Pedro Guimarães design by Egle Bazarite

photo by
Pedro Guimarães
design by
Egle Bazarite

Unglamorous Profession :

Piano: Filipe Raposo

Electric Guitar: Andy Yeo

Double Bass: Samuel Löfdahl

Drums: Karl-Henrik Ousbäck

Mário Laginha

Quando oiço um disco, aquilo que procuro, antes de mais, é ter prazer em ouvi-lo. Não sou, portanto, diferente da larga maioria das pessoas. Já aquilo que nos dá prazer varia de pessoa para pessoa. E ainda bem. O Jazz sempre caminhou bebendo influências nas mais variadas partes do mundo, o que faz dela uma música sempre viva, de grande riqueza e diversidade. O modo como se usam essas influências determina, muitas vezes, se um músico tem realmente uma personalidade musical, ou se simplesmente repete ou cola a música que escutou e estudou ao longo da sua vida. Filipe Raposo pertence ao primeiro grupo. A sua música não esconde as influências, mas tem uma identidade. Lírica e de uma contenção serena, com uma riqueza melódica e harmónica muito sedutoras, a sua música convida-nos a ficar. Os temas são inspirados e nunca meros pretextos para solos. Com Andy Yeo, na guitarra, Samuel Löfdahl no baixo, Karl-Henrik Ousbäck na bateria e Fredrik Ljungkvist no saxofone, Filipe Raposo fez um belíssimo disco. Uma serena “Inquietude”.

About Filipe Raposo

composer, pianist

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: