INQUIÉTUDE – João Paulo Esteves da Silva – Review

João Paulo Esteves da Silva   Jazz. Não estava a contar utilizar a palavra quando o Filipe me pediu para escrever sobre este «Inquiétude»; escrevo, para já, sob o efeito da surpresa. Conhecendo os trabalhos anteriores, estaria agora à espera

INQUIÉTUDE – João Paulo Esteves da Silva – Review

João Paulo Esteves da Silva   Jazz. Não estava a contar utilizar a palavra quando o Filipe me pediu para escrever sobre este «Inquiétude»; escrevo, para já, sob o efeito da surpresa. Conhecendo os trabalhos anteriores, estaria agora à espera

Foreigner – from Inquiétude album

  From my last concert in Lisboa, oct. 2015 (Teatro S. Luiz) – Foreigner – this tune was composed in Stockholm during my master studies and it’s my foreigner’s perspective from a new place a new home. Have a look 

Foreigner – from Inquiétude album

  From my last concert in Lisboa, oct. 2015 (Teatro S. Luiz) – Foreigner – this tune was composed in Stockholm during my master studies and it’s my foreigner’s perspective from a new place a new home. Have a look 

«Tudo no mundo começou com um sim»

estreia absoluta 20 a 24 de jan / CCB / LISBOA Criação e interpretação: Sara Anjo (dança)Filipe Raposo (piano)  

«Tudo no mundo começou com um sim»

estreia absoluta 20 a 24 de jan / CCB / LISBOA Criação e interpretação: Sara Anjo (dança)Filipe Raposo (piano)  

Original soundtrack – Ruinas – Teatro S. Luiz :: Lisboa

2016 vai começar no Teatro S. Luiz – RUÍNAS – aclamada peça da norte-americana Lynn Nottage, premiada com o Pulitzer em 2009, com musica original de minha autoria. Conta-nos as histórias dramáticas de violação e escravatura de seis mulheres congolesas

Original soundtrack – Ruinas – Teatro S. Luiz :: Lisboa

2016 vai começar no Teatro S. Luiz – RUÍNAS – aclamada peça da norte-americana Lynn Nottage, premiada com o Pulitzer em 2009, com musica original de minha autoria. Conta-nos as histórias dramáticas de violação e escravatura de seis mulheres congolesas

Inquiétude – Mário Laginha Review

Unglamorous Profession : Piano: Filipe Raposo Electric Guitar: Andy Yeo Double Bass: Samuel Löfdahl Drums: Karl-Henrik Ousbäck Mário Laginha Quando oiço um disco, aquilo que procuro, antes de mais, é ter prazer em ouvi-lo. Não sou, portanto, diferente da larga

Inquiétude – Mário Laginha Review

Unglamorous Profession : Piano: Filipe Raposo Electric Guitar: Andy Yeo Double Bass: Samuel Löfdahl Drums: Karl-Henrik Ousbäck Mário Laginha Quando oiço um disco, aquilo que procuro, antes de mais, é ter prazer em ouvi-lo. Não sou, portanto, diferente da larga

NEW ALBUM – INQUIÉTUDE – 9 Outubro / 21:00 / Teatro S. Luiz / Lisboa

Inquiétude Toda a viagem é um regresso ao ponto de partida para partir de novo entre a água e o vento. António Ramos Rosa Inquiétude resulta da aprendizagem que decorreu dos dois anos que (Filipe Raposo) passou em Estocolmo. Da sua

NEW ALBUM – INQUIÉTUDE – 9 Outubro / 21:00 / Teatro S. Luiz / Lisboa

Inquiétude Toda a viagem é um regresso ao ponto de partida para partir de novo entre a água e o vento. António Ramos Rosa Inquiétude resulta da aprendizagem que decorreu dos dois anos que (Filipe Raposo) passou em Estocolmo. Da sua

Interview in Ípsilon

Recent interview about my artistic residency in Cinemateca Portuguesa, Lisbon. / Entrevista sobre a minha residência artística na Cinemateca Portuguesa em Lisboa

Interview in Ípsilon

Recent interview about my artistic residency in Cinemateca Portuguesa, Lisbon. / Entrevista sobre a minha residência artística na Cinemateca Portuguesa em Lisboa